Rinoplastia

A rinoplastia é a cirurgia realizada com o objetivo de melhorar a aparência do nariz e sua harmonia com a face. Por se tratar de estrutura central da face, com características que unem estética e função, o nariz é fundamental para a beleza do rosto. Intervenções realizadas por cirurgiões sem treinamento específico podem levar a resultados desastrosos e de difícil correção.

O que a rinoplastia pode corrigir?

A rinoplastia é uma cirurgia versátil. Durante a cirurgia, o dorso alto pode ser rebaixado e a ponta pode ser modificada, ficando mais delicada. Desvios podem ser corrigidos, bem como assimetrias e a largura do nariz. A cirurgia funcional para melhora da respiração pode ser realizada durante a rinoplastia, associando desta maneira a melhora estética à funcional. Como a estética facial é afetada pela rinoplastia em alguns casos, pode ser necessária uma intervenção conjunta na região do mento (queixo) para deixar a face equilibrada.

Via de acesso

A rinoplastia pode ser realizada por via fechada ou aberta.

A rinoplastia fechada está indicada para casos primários, nos quais o tratamento será preferencialmente do dorso nasal sem modificações da ponta. Sua principal vantagem está na ausência de cicatrizes visíveis no nariz. A via fechada dificulta a exposição das estruturas da ponta nasal e limita o tratamento de deformidades extensas dessa região.

A rinoplastia aberta é realizada em casos primários, nos quais serão realizadas modificações na ponta nasal ou em casos secundários. A vantagem dessa abordagem é a visualização direta de todas as estruturas nasais, permitindo diagnóstico preciso e correção de estruturas com sofisticação muito grande. A via aberta apresenta uma cicatriz na base do nariz que é de difícil percepção e geralmente de qualidade excelente.

Como é feita a cirurgia

O regime de internação é ambulatorial e a anestesia é geral. O uso de tampão pode ser necessário de acordo com a ocasião. É colocado no nariz um curativo com micropore e gesso, que permanece por cinco a sete dias. Após esse período normalmente não é necessário o uso de outros curativos. Os pontos são retirados em no máximo cinco dias.

Nas primeiras semanas são realizadas sessões de drenagem linfática para redução do inchaço mais rapidamente. Após aproximadamente 10-14 dias as atividades físicas podem ser retomadas. Esportes de contato podem ser feitos a partir de 45 dias.